Os caminhos para a realização profissional e pessoal

Aproveite o início de um novo ano para manter o foco e realizar-se tanto profissionalmente e pessoalmente

Saber como trilhar sua carreira e sua vida fora do trabalho é fundamental para atingir a realização profissional e pessoal. E, ao se questionar sobre esses dois aspectos, em qual conclusão você chega sobre o seu nível de satisfação? Algumas vezes, porque não sabemos, ou até mesmo porque não queremos saber, perdemos o foco e não conseguimos atingir o ápice de realização.

Mas, com a chegada de 2014, podemos colocar um objetivo: traçar metas para que isso melhore durante esse ano. Veja algumas regras básicas definidas pelo administrador de empresas Ricardo Costa:

– Respeitar o colega de trabalho e a função que ele desempenha: Esteja sempre pronto para ajudar um colega no que for preciso, já que, frequentemente, todos nós necessitamos de ajuda.

– Valorizar o emprego e o trabalho que realiza: Ter respeito com aquilo que você faz é um dos principais canais para a satisfação. Você passa 8 horas diárias no trabalho, durante 35 anos da vida, no mínimo. Por isso, torne esses momentos prazerosos e alegres.

– Assumir que não sabe: Muitas pessoas têm a insegurança de dizerem que não sabem algo. Pedir ajuda, explicações, exemplos e tirar dúvidas não representam falha de formação profissional e, sim, responsabilidade pelo que se está fazendo.  Isso contribui para que você seja observado como um profissional que talvez não saiba realizar determinada tarefa, mas está disposto a apreender para colaborar com a empresa.

– Não puxe o tapete dos colegas: No ambiente profissional sempre haverá uma certa disputa para demonstração das capacidades, mas faça isso de forma saudável, de maneira que sirva para o desenvolvimento das pessoas.

– Ter ética e postura profissional: Tenha em mente a responsabilidade do seu trabalho, buscando sempre os melhores resultados. A ética pode ser definida como a forma que você vê e trata as pessoas, ou ainda, aquilo que você faz quando ninguém está vendo. Pedir ajuda, explicações, exemplos e tirar dúvidas não. O profissional tem que ter a consciência de que seus atos podem influenciar na vida dos outros e que sua liberdade acarreta em responsabilidade

Edson Fujita é coach e vive em São José dos Campos  

No Comments Yet.

Leave a comment