Boas maneiras nas redes sociais

Boas maneiras nas redes sociais -  Crédito: MdeMulher/Getty Images

Use as redes sociais a seu favor! O que você expressa na internet pode ser visualizado pelos seus superiores e colegas de serviço e acabar em uma tremenda enrascada. Seja uma foto sensual ou críticas à empresa, um deslize no mundo virtual pode custar a vaga de um emprego.

Um episódio famoso recente ilustra bem o que devemos evitar. No início de fevereiro, a professora da PUC, Rosa Marina Meyer, ironizou um passageiro no Facebook pela sua roupa. Nas mídias sociais, Rosa não é criticada como pessoa, mas por ser “professora da PUC”, ou seja, a posição pessoal passa a ter a dimensão da empresa onde trabalha. Mesmo com o pedido de desculpas, Rosa ganhou uma página de humor, que hoje tem mais de 25 mil fãs, com memes e fotos dos envolvidos no caso.

Além de comentários preconceituosos, para evitar cair em uma enrascada, confira algumas dicas do que você deve evitar nas redes sociais:

– Fotos sensuais – As fotos íntimas devem ser compartilhadas apenas com as pessoas mais próximas, para preservar a imagem do profissional.

– Fotos em que pareça embriagado – Isso pode afetar sua credibilidade profissional.

– Erros de português – O ambiente virtual permite que a linguagem seja mais descontraída, mas isso não significa que é aceitável esquecer as regras gramaticais ou usar palavrões.

– Críticas à empresa, colegas e chefes anteriores – Esta atitude pode prejudicar o profissional futuramente. Algumas vagas são preenchidas por indicação. Por isso, cuidado, nunca se sabe o dia de amanhã.

Edson Fujita é coach e vive em São José dos Campos

– IG Carreiras: Etiqueta nas redes sociais 

Exame: Professora da PUC ironiza passageiro de avião e ganha página

– Novidades no Facebook de Edson Fujita – Coaching e Consultoria

No Comments Yet.

Leave a comment